Case 1: Queda de performance de P.S.I. “Derby Winner”

Case 1: Queda de performance de P.S.I. “Derby Winner”

Um cavalo Puro Sangue Inglês de 3 anos de idade, vencedor de Derby no Hipódromo de Cidade Jardim/SP apresentava queda de performance.

Foi realizado um check-up completo, com exames físico, laboratorial e de imagem. Os únicos achados relevantes foram uma anemia e um processo inflamatório gengival discreto na região da maxila, próximo de onde ocorreu fratura e perda dentária de incisivos em um acidente ocorrido com 1 ano de idade.

Cavalo AP, 3 anos de idade. Presença de discreta gengivite ao redor das fraturas dentárias de 201, 202 e 203.

 

 

 

O exame odontológico revelou fratura dento-alveolar dos dentes incisivos central (201), médio (202) e canto (203). Baseado nos achados clínicos e radiológicos foi diagnosticada a presença de osteomielite provocada pela presença de fragmentos dentários necrosados que estavam inclusos desde as camadas superficiais da gengiva até uma profundidade de 4,5cm no osso alveolar, na região onde deveriam estar o ápice das raízes dentárias.
Após estudar o caso, para reduzir os riscos da anestesia geral e possibilitar o retorno o mais rápido possível às corridas, optou-se por realizar a exodontia (extração) e tratamento do osso afetado em estação (em pé). As modernas técnicas de sedação e bloqueio regional possibilitaram a realização de todo o procedimento com ausência de estímulos dolorosos e sem qualquer tipo de intercorrência.

No final do procedimento foi implantado o Gel Foam, uma gelatina usada na rotina nas áreas de cirurgia buco-maxilo, ortopedia e oncologia, que possibilitou a aceleração da reparação tecidual . O cavalo foi medicado com antibióticos por 10 dias e com analgésicos e anti-inflamatórios por 5 dias. Os curativos locais com irrigação de solução fisiológica de cloreto de sódio a 0,9% foram mantidos até a completa cicatrização local que ocorreu no 26º dia de pós-cirúrgico.

O cavalo foi liberado para retornar ao trabalho 15 dias após a realização a cirurgia.

O cavalo AP foi reexaminado com  6 semanas de pós-cirúrgico, quando foi observada a completa recuperação do paciente, inclusive com os achados de hemograma indicando parâmetros normais sem a presença de anemia.

Cavalo AP, 6 semanas de pós-cirúrgico: perfeita cicatrização no local da cirurgia.