Publicações Científicas

Estudo retrospectivo de casos de odontopatias em equinos atendidos no período de janeiro de 2009 a julho de 2010

CONGRESSO BRASILEIRO DE CIRURGIA E ANESTESIOLOGIA VETERINÁRIA – CBCAV 2010; Búzios, RJ.

Luiz Rapp1, Zoppa2, A.L.V.
1-M.V., M.S. , Professor Doutor. 2-M.V., Professor Doutor, P.H.D, Departamento de Cirurgia, FMVZ-USP

No período de 2009 a 2010 foram atendidos 17 eqüinos portadores de odontopatias. No período entre 90 e 120 dias, alguns animais retornaram ao hospital, e em outros casos foi realizado contato telefônico para verificar o estado dos pacientes. Três pacientes apresentavam magreza e após a exclusão de outras doenças, foi relacionada a distúrbios de oclusão. Após o ajuste oclusal apresentaram ganho de peso a partir de 30 dias do tratamento odontológico. Foram realizadas 15 exodontias: 04 casos de doença infundibular com doença periapical (26,66%), 02 de doença infundibular com sinusite (13,33%), 05fraturas de coroa clínica com necrose periapical (33,33%), 04 de necrose periapical sem causa definida (26,66%), 01cisto de impactação (6,66%).

Leia mais

Endoscopia intraoral em equinos

Endoscopia intraoral em equinos

CONGRESSO BRASILEIRO DE ODONTOLOGIA VETERINÁRIA
Belo Horizonte/MG; 2008.

Luiz Rapp 1, André Luiz Do Vale Zoppa2.
e-mail: contato@luizrapp.com.br

Introdução:O exame da cavidade oral é um componente essencial da investigação da suspeita de qualquer doença dentária em eqüinos. A visualização, diagnóstico e documentação são potencializados com o uso de um endoscópio ou micro câmera.  (3)

Objetivos:Melhorar a visualização, aumentar o número de diagnósticos e possibilitar adocumentação de doenças que afetam a cavidade oral.

Leia mais

Doença infundibular como causa primária de sinusite em eqüinos – relato de dois casos

Doença infundibular como causa primária de sinusite em eqüinos – relato de dois casos

CONGRESSO BRASILEIRO DE CIRURGIA E ANESTESIOLOGIA VETERINÁRIA – CBCAV 2010; Búzios, RJ.

Luiz Rapp1, Zoppa2, A.L.V.

1-M.V., M.S. , Professor Doutor. 2-M.V., Professor Doutor, P.H.D, Departamento de Cirurgia, FMVZ-USP

 A sinusite pode se tornar crônica quando alguns casos não são responsivos ao tratamento conservativo e persiste o agente causal. Lesões na coroa clínica e periodonto de pré-molares e molares podem ser a porta de entrada de bactérias e fungos. Dois animais com sinusite persistente foram encaminhados ao HOVET. Uma égua da raça BH, de 15 anos com sinusite persistente há 8 meses no seio maxilar rostral esquerdo, não responsiva ao tratamento com antibióticos após cultura e antibiograma de material coletado por sinoscopia. A endoscopia intraoral diagnosticou o infundíbulo patente na cavidade infundibular rostral do 1˚M superior esquerdo (209). A introdução de 4cm de uma agulha 40X8 no infundíbulo, confirmou a  doença infundibular.

Leia mais

Distúrbios decorrentes de correções odontológicas inadequadas

VI Congresso Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária
Mini-curso de Odontologia Eqüina – 28/07/2004 – Indaiatuba – SP

Professor Doutor Luiz  Rapp; M.V., M.S. 

1. Introdução – O acesso a informações e novos aparelhos odontológicos promoveu consideráveis avanços na área de odontologia eqüina no Brasil, na última década. Ao mesmo tempo, a popularização de “fazer a boca” por práticos e profissionais pouco familiarizados com técnicas adequadas de correção coloca em risco a credibilidade da odontologia eqüina no Brasil. O tratamento oclusal por desgaste seletivo das arcadas do eqüino é um grande desafio durante o atendimento odontológico, onde o objetivo é conseguir a oclusão funcional ideal. Alguns dos distúrbios aqui relacionados são resultados de observações de desgastes inadequados e evolução de casos atendidos nos últimos quatro anos.

Leia mais